06 de outubro de 2006

Inauguração

Novo prédio do CMEI Terezinha Vasconcellos Salvador atende a crianças do Romão

Conscientização

Projeto Abraço Verde leva ações de educação ambiental ao Cruzamento

Mutirão

Prefeitura inicia neste sábado (07) operação de limpeza nos manguezais

Educação

Região da Grande São Pedro ganhará novas escolas

Esporte

Alunos disputam nova etapa dos Jogos Estudantis Municipais de Vitória

Cinema

13º Vitória Cine Vídeo abre inscrições para concurso e curso gratuito de roteiro

Certificação

Inscrições para o Selo de Qualidade Turística podem ser feitas até 30 de outubro

Teatro

Espetáculo Vertentes é a atração deste final de semana na Fafi

Integração

Alunos da rede pública e particular de Vitória disputam os Jogos Escolares Vitória da Paz

Cultura

Vai até este sábado (07) a II Mostra Produção Independente Transborda, no Cine Metrópolis

Concurso

Fundação Ceciliano Abel de Almeida divulga resultado de provas objetivas da Saúde

Fotografia

Arquivo Geral do Município prorroga exposição Vitória Nossa História

Defeso

Até 30 de novembro está proibida a cata, a venda e o consumo do caranguejo


Figurinhas divulgam fauna e flora da biodiversidade brasileira

 

Paula Barreto
Cada criança recebe um álbum e dois pacotes de figurinhas

Borboleta Olho de Coruja, Beija-Flor, Lagarto Teiú... Orquídea, Taboa, Ipê Rosa... Fauna e flora da Mata Atlântica compõem o álbum de figurinhas da biodiversidade que está sendo distribuído aos alunos de 1ª a 4ª série de escolas públicas e particulares localizadas em Vitória. Cada criança recebe um álbum e dois pacotes de figurinhas e, para completar a coleção, deve visitar a XVII Feira do Verde, promovida pela Prefeitura de Vitória, onde serão distribuídas novas embalagens.

Na mão das crianças, além da coleção, as figurinhas viram peças de inúmeros outros jogos como bafo, jogo da memória e pergunte que eu respondo. “O legal mesmo é ver que a gente é um pedaço do meio ambiente, a gente não é tudo”, conta a aluna da 4ª série, Maria Clara Feitosa.

Esse "fazer brincando" chama a atenção da professora Mônica Cipriano, que atua há 25 anos no magistério. Atualmente, ela trabalha com a turma da 3ª série da escola Éber Louzada Zippinotti. “Eu não vou colar as figurinhas porque já estou pensando em um material para trabalhar o meio ambiente em sala de aula. Fica mais fácil porque a gente não precisa procurar na internet as fotografias. É o material mais bonito que eu recebi para trabalho em sala de aula durante todos esses anos”, conta a professora.

“Mão Pelada???” Uma mistura de indignação, curiosidade e graça levam o menino André Silva, de 08 anos, a buscar com os demais colegas a fotografia do animal. “Acho que vai ser muito legal fazer essa coleção para conhecer bichos e plantas que eu nunca pensei que existissem”, relata o aluno da 2ª série

Kadidja Fernandes
Este ano, a feira está sendo montada num espaço de 7.400 metros quadrados, quinze por cento maior que em 2005

Natureza

A Feira do Verde, promovida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), traz este ano o tema Educação Ambiental: comece mudando a sua natureza e tem como principal objetivo divulgar a Educação Ambiental por meio da integração dos diversos agentes sociais, incentivando a troca de informações entre representantes do poder público, das instituições não-governamentais e do setor privado, além de divulgar as experiências, iniciativas e projetos da área ambiental para o público.

No ano passado, XVI Feira do Verde reuniu um público aproximadamente de 120 mil pessoas, durante a semana do evento. Desta vez, a XVII Feira do Verde será realizada entre os dias 9 e 15 de outubro, justamente na Semana da Criança, no Parque Pedra da Cebola.

Num espaço de 7.400 metros quadrados, quinze por cento maior que em 2005, os visitantes poderão conferir na área interna um pavilhão de exposições. A novidade trazida pela Prefeitura de Vitória fica por conta do espaço Mata Atlântica com diversas espécies da flora brasileira e muita educação ambiental.

Kadidja Fernandes
Na estrutura da feira, as crianças não foram esquecidas

Premiação

Outra novidade da Feira do Verde 2006 é que ela será totalmente climatizada. Dois auditórios serão montados para abrigar a realização de cursos, oficinas, palestras, seminários e a esperada solenidade de premiação do Concurso de Pesquisa e Educação Ambiental, o “Prêmio Tião Sá”.

Na área externa, haverá uma estruturada praça de alimentação, com vários restaurantes e palco para shows noturnos, além de banheiros e posto médico. As crianças não foram esquecidas e são o destaque da feira deste ano: uma tenda cultural irá ofertar uma extensa programação lúdico-educativa e infanto-juvenil, com diversas atrações e surpresas. Para maior comodidade dos visitantes, uma ampla área será destinada ao estacionamento.

O evento, que tornou-se um dos maiores do gênero no país, tem promovido um intercâmbio técnico-científico entre as instituições e empresas de todo o Brasil. O sucesso alcançado pela Feira do Verde demonstra que a preocupação com o meio ambiente não é modismo, ou oportunismo, mas sim, uma questão de sobrevivência de todo o planeta. (Rejane Gandini e Renata Mello)